About

Blogger news

Estou Lendo!

Visitantes!

Receba novidades no e-mail!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Snag a button


Parceiros

">Selo By Bruna Kitty

Meu Cantinho de leitura

Followers

About me

Minha foto
Professora de Matemática do Estado do RJ e do Município do Rio de Janeiro; tutora presencial do CEDERJ; pós-graduanda em Planejamento, Gestão e Implementação da EaD pela UFF.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Mundo pequeno

O Orkut é mesmo uma febre nacional.
De cachorro à papagaio, de recém-nascido à idoso. Todos têm orkut.
Hoje eu fui mais uma vez surpreendida pelo referido site de relacionamentos... Um carinha muito especial, que fez parte de um momento confuso da minha vida. Um 'namoradinho', sabe aquela coisa de menininha de 13 anos, nada mais que uns beijinhos, aliás, coitado, eu nem devia saber beijar... Corajoso! Enfim, ele estava passando as férias no RJ nessa época, depois disso nunca mais nos vimos, nem tive notícias dele. Até hoje, quando a pessoa me achou no Orkut!
Fiquei tão feliz com isso, tão feliz por ele ter lembrado de mim ao ver minha foto no perfil de uma conhecida nossa. É que é uma história complicada demais pra tentar resumir aqui, mas eu fui meio idiota nessa época, acabei não tratando o menino da forma que ele merecia. Mas eu tinha 13 anos!!! Era uma criança entrando na adolescência, nem sabia lidar com isso direito. Além disso, foi uma época complicada na minha família, coisas ruins aconteceram. Ou seja, tudo conspirou para que eu fosse uma babaca com ele.
Ele foi embora do RJ sem que eu pudesse me despedir... Até um tempo atrás eu pensava em procurar os parentes dele daqui pra saber como ele estava, se tinha endereço, queria escrever me desculpando... Só que não tive coragem de fazer isso. Ficou por isso. História encerrada.
É bom ver que ele não guardou mágoas, também se ele guardasse depois de 8 anos seria muita bobeira. Espero que o Orkut venha tornar possível uma amizade que eu nem deixei nascer naquela época, por pura ingenuidade, babaquice... Como eu era tola! ¬¬

3 comentários:

  1. Geralmente quando se é mais novo faz-se algumas besteiras. Mas nada que o tempo não consiga resolver. Pelo menos a maioria delas. Rsrs

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. uma bonita história triste... mas lá vem um final feliz XD

    ResponderExcluir
  3. Não foi ruim passar as férias com vcs, Vivi, ao contrário, foi a única coisa boa!!! (respondendo ao seu comentário escrito a anos atrás...!)

    Obs: Comparado à outros casos, vc é muito sortuda...rsrsrs Bjão, e até hoje!!!!

    ResponderExcluir

Dê o seu Palpite ;-)

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Mundo pequeno

O Orkut é mesmo uma febre nacional.
De cachorro à papagaio, de recém-nascido à idoso. Todos têm orkut.
Hoje eu fui mais uma vez surpreendida pelo referido site de relacionamentos... Um carinha muito especial, que fez parte de um momento confuso da minha vida. Um 'namoradinho', sabe aquela coisa de menininha de 13 anos, nada mais que uns beijinhos, aliás, coitado, eu nem devia saber beijar... Corajoso! Enfim, ele estava passando as férias no RJ nessa época, depois disso nunca mais nos vimos, nem tive notícias dele. Até hoje, quando a pessoa me achou no Orkut!
Fiquei tão feliz com isso, tão feliz por ele ter lembrado de mim ao ver minha foto no perfil de uma conhecida nossa. É que é uma história complicada demais pra tentar resumir aqui, mas eu fui meio idiota nessa época, acabei não tratando o menino da forma que ele merecia. Mas eu tinha 13 anos!!! Era uma criança entrando na adolescência, nem sabia lidar com isso direito. Além disso, foi uma época complicada na minha família, coisas ruins aconteceram. Ou seja, tudo conspirou para que eu fosse uma babaca com ele.
Ele foi embora do RJ sem que eu pudesse me despedir... Até um tempo atrás eu pensava em procurar os parentes dele daqui pra saber como ele estava, se tinha endereço, queria escrever me desculpando... Só que não tive coragem de fazer isso. Ficou por isso. História encerrada.
É bom ver que ele não guardou mágoas, também se ele guardasse depois de 8 anos seria muita bobeira. Espero que o Orkut venha tornar possível uma amizade que eu nem deixei nascer naquela época, por pura ingenuidade, babaquice... Como eu era tola! ¬¬

3 comentários:

  1. Geralmente quando se é mais novo faz-se algumas besteiras. Mas nada que o tempo não consiga resolver. Pelo menos a maioria delas. Rsrs

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. uma bonita história triste... mas lá vem um final feliz XD

    ResponderExcluir
  3. Não foi ruim passar as férias com vcs, Vivi, ao contrário, foi a única coisa boa!!! (respondendo ao seu comentário escrito a anos atrás...!)

    Obs: Comparado à outros casos, vc é muito sortuda...rsrsrs Bjão, e até hoje!!!!

    ResponderExcluir

Dê o seu Palpite ;-)