About

Blogger news

Estou Lendo!

Visitantes!

Receba novidades no e-mail!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Snag a button


Parceiros

">Selo By Bruna Kitty

Meu Cantinho de leitura

Followers

About me

Minha foto
Professora de Matemática do Estado do RJ e do Município do Rio de Janeiro; tutora presencial do CEDERJ; pós-graduanda em Planejamento, Gestão e Implementação da EaD pela UFF.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Gentileza gera Gentileza

Saudade de parar aqui pra escrever neste cantinho que já é tão especial. Mas cá estou dando uma fugidinha da rotina de escrava lerê-lerê para dividir algumas coisas.

Fiquei feliz hoje, o mundo não está totalmente perdido e ainda existem pessoas boas. Fui ao banheiro do Shopping e esqueci meu celular, só me dei conta disso uns 5 minutos depois quando estava na fila do elevador, aí voltei ao banheiro, mas logicamente não estava mais lá. Bateu aquele desespero, pensei: "já era". Meu celular é horrível, velho e tá todo arrebentado, mas ele liga e eu uso para resolver problemas do trabalho, para marcar aulas, é meu elo de contato com os alunos, ou seja, mesmo todo cacarecado ele é muito importante pra mim. Então, fui procurar um telefone público para tentar ligar para meu celular e falar com a pessoa que achou, pois provavelmente ainda estava no Shopping também. Liguei e deu ocupado, pensei: "já era²". Aí tive a brilhante ideia de ligar para uma amiga para que tentasse entrar em contato também, e ela conseguiu falar com a pessoa que achou!!!!!!!! A mulher que achou entregou na Loja da Oi do Shopping e o rapaz já tinha ligado para minha casa avisando que tinha encontrado e que eu poderia ir lá buscar. Sério, nem acreditei, eles foram muito rápidos em me ajudar. Em menos de 10 minutos eu já estava com meu celular em mãos de novo.
Por mais que tenhamos mil motivos para acreditar que as pessoas só querem ganhar, ganhar e ganhar mais e mais sem pensar no próximo, temos que admitir que ainda encontramos pessoas boas, que pensam no semelhante. Eu acredito e tenho fé no ser humano.

É como já dizia o véio carioca também maluco beleza:


Mudando de assunto, preciso dizer e cantar que "O Rio de Janeiro continua lindo, o Rio de Janeiro continua sendo..."

Moro na cidade maravilhosa desde quando nasci e só agora, aos 21 anos, estou tendo a oportunidade real de saber porque minha cidade é chamada assim. Nós que somos da parte pobre da cidade, ou seja, Zona Oeste, Baixada e adjacências não temos muita noção das maravilhas que nos cercam. Geralmente ficamos preso à rotina de escola/trabalho/faculdade/casa e nos momentos de lazer escolhemos lugares próximos. Sem contar que as opções de transporte são péssimas também.

Ora, passamos duas horas dentro de um ônibus para ir trabalhar, mas não podemos fazer o mesmo para passear e divertir?

Confesso que nunca fui de sair para Zona Sul nos momentos de diversão, mas agora eu começarei a ir, são tantos lugares legais, tantos teatros, museus, nossa... E tem também os pontos turísticos mais badalados do RJ, como o Cristo ou Pão-de-açúcar, que eu, carioca da gema, nunca fui!!!! E muitos cariocas estão na mesma situação, vivem aqui no RJ e nada aproveitam do que tem de maravilhoso.

O meu trabalho escravo lerê-lerê está me dando a oportunidade de conhecer muitos desses cantinhos especiais da cidade. Já que eu não ganho bem pelo menos aproveito o visual do caminho. Fico que nem criança na janela do ônibus, observando tudo que se passa.

Quero escrever sobre algumas manchetes de jornais que vi, mas estou morrendo de sono, fica para a próxima.

BeijO**

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Gentileza gera Gentileza

Saudade de parar aqui pra escrever neste cantinho que já é tão especial. Mas cá estou dando uma fugidinha da rotina de escrava lerê-lerê para dividir algumas coisas.

Fiquei feliz hoje, o mundo não está totalmente perdido e ainda existem pessoas boas. Fui ao banheiro do Shopping e esqueci meu celular, só me dei conta disso uns 5 minutos depois quando estava na fila do elevador, aí voltei ao banheiro, mas logicamente não estava mais lá. Bateu aquele desespero, pensei: "já era". Meu celular é horrível, velho e tá todo arrebentado, mas ele liga e eu uso para resolver problemas do trabalho, para marcar aulas, é meu elo de contato com os alunos, ou seja, mesmo todo cacarecado ele é muito importante pra mim. Então, fui procurar um telefone público para tentar ligar para meu celular e falar com a pessoa que achou, pois provavelmente ainda estava no Shopping também. Liguei e deu ocupado, pensei: "já era²". Aí tive a brilhante ideia de ligar para uma amiga para que tentasse entrar em contato também, e ela conseguiu falar com a pessoa que achou!!!!!!!! A mulher que achou entregou na Loja da Oi do Shopping e o rapaz já tinha ligado para minha casa avisando que tinha encontrado e que eu poderia ir lá buscar. Sério, nem acreditei, eles foram muito rápidos em me ajudar. Em menos de 10 minutos eu já estava com meu celular em mãos de novo.
Por mais que tenhamos mil motivos para acreditar que as pessoas só querem ganhar, ganhar e ganhar mais e mais sem pensar no próximo, temos que admitir que ainda encontramos pessoas boas, que pensam no semelhante. Eu acredito e tenho fé no ser humano.

É como já dizia o véio carioca também maluco beleza:


Mudando de assunto, preciso dizer e cantar que "O Rio de Janeiro continua lindo, o Rio de Janeiro continua sendo..."

Moro na cidade maravilhosa desde quando nasci e só agora, aos 21 anos, estou tendo a oportunidade real de saber porque minha cidade é chamada assim. Nós que somos da parte pobre da cidade, ou seja, Zona Oeste, Baixada e adjacências não temos muita noção das maravilhas que nos cercam. Geralmente ficamos preso à rotina de escola/trabalho/faculdade/casa e nos momentos de lazer escolhemos lugares próximos. Sem contar que as opções de transporte são péssimas também.

Ora, passamos duas horas dentro de um ônibus para ir trabalhar, mas não podemos fazer o mesmo para passear e divertir?

Confesso que nunca fui de sair para Zona Sul nos momentos de diversão, mas agora eu começarei a ir, são tantos lugares legais, tantos teatros, museus, nossa... E tem também os pontos turísticos mais badalados do RJ, como o Cristo ou Pão-de-açúcar, que eu, carioca da gema, nunca fui!!!! E muitos cariocas estão na mesma situação, vivem aqui no RJ e nada aproveitam do que tem de maravilhoso.

O meu trabalho escravo lerê-lerê está me dando a oportunidade de conhecer muitos desses cantinhos especiais da cidade. Já que eu não ganho bem pelo menos aproveito o visual do caminho. Fico que nem criança na janela do ônibus, observando tudo que se passa.

Quero escrever sobre algumas manchetes de jornais que vi, mas estou morrendo de sono, fica para a próxima.

BeijO**