About

Blogger news

Estou Lendo!

Visitantes!

Receba novidades no e-mail!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Snag a button


Parceiros

">Selo By Bruna Kitty

Meu Cantinho de leitura

Followers

About me

Minha foto
Professora de Matemática do Estado do RJ e do Município do Rio de Janeiro; tutora presencial do CEDERJ; pós-graduanda em Planejamento, Gestão e Implementação da EaD pela UFF.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Adeus ano velho! Adeus?

Seria bom dar ADEUS a certas coisas de 2008.
Mas nós temos uma mente que adora gravar as coisas ruins que nos acontecem, sempre somos obrigados a lembrar das coisas chatas. Se foi um amor que te machucou, até mesmo um cheiro te faz voltar a pensar naquela pessoa. Se foi um amigo que decepcionou, você vai achar uma foto, um e-mail, uma música, sei lá, sempre vai ter algo pra te fazer lembrar como foi bom ter a amizade daquela pessoa e como ela te entristeceu.
Dar Adeus seria se desligar das coisas ruins e das coisas boas. Será que valeria a pena? Todos os dias maus que passamos de alguma forma contribuem com nossa formação como pessoa. Aprendemos com os erros, ignoramos os erros, quebramos a cara de novo, às vezes insistimos no erro. No fundo gostamos disso. Estar mal significa que um dia estaremos bem, um dia nos (re)ergueremos. E esse momento de recomeço é muito saudável, nos enchemos de esperança, passamos a olhar a vida com mais amor e cuidado.

31 de dezembro marcar SEMPRE um recomeço.

Pode ser a maior babaquice do mundo, mas paramos para pensar nessas datas, analisamos nossas vida e damos aquela injeção de ânimo.
Aquela falsa esperança de que com um ano novinho em folha nossa vida vai mudar. É falsa, tá certo. Mas motiva. É como um placebo. Pode ter farinha ali dentro, o que importa é a sensação, é o que causa no nosso interior, é a forma com que mexe no nosso psicológico.

Por isso, eu te desejo um Feliz Ano Novo.

Que você:

Ame mais.
Abrace mais.
Beije mais.
Ria mais.
Grite de alegria.
Chore de emoção.
Cante mais.
Dance mais.
Acredite mais (em Deus, em você e nas pessoas).
Confie mais.
Leia mais.
Escreva mais.
Faça mais amigos.
Tolere mais.
Ajude mais.

Enfim, que você VIVA mais.

Um BeijO*

Duas mensagens do nosso eterno Carlos Drummond de Andrade:

"O último dia do ano
não é o último dia do tempo
O último dia do tempo
não é o último dia de tudo
Recebe com simplicidade esse presente do acaso
Mereceste viver mais um ano"
(C.D.A.)

*

"Para ganhar um ano novo
que mereça esse nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre
"
(C.D.A.)
--

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Balanço Geral

Reclamo sempre das mesmas coisas.
Peguei uma agenda velha de 2004/2005 e fiquei chocada em ver como sou chata, meu Deus! Desde aquela época eu choro pelas mesmas porcarias.
Talvez seja preciso olhar com mais carinho para as pequenas coisas que aconteceram, talvez eu não esteja vendo a imensidão de coisas boas que têm acontecido comigo. Que ingrata!

Pensando assim, vou tentar fazer um balanço das coisas "boas" que me aconteceram em 2008.

Viagens, Eventos & Festas
1. Eu conheci Campinas /SP numa viagem engraçada demais com minhas amigas da faculdade;
2. Fui novamente para Vassouras com as meninas, apresentei um trabalho, nervosa, mas deu tudo certo;
3. Petrópolis com meus alunos na Jornada foi T-U-D-O! Inesquecível... Adorei cada momento com meus meninos e adorei conhecer novas pessoas;
4. Jornada na FFP, São Gonçalo, também foi muito legal;
5. Minicurso na UFF foi pateticamente engraçado... haha. Nunca mais quero passar por isso com o Abreu;
6. Enfim conseguimos fazer uma festa! Arraiá do Humm Nhanhanhanha... foi maravilhoso! Todos caracterizados de caipira... hehe;
7. Noivado da Ariane foi fofo;
8. Casamento da Clarinha foi muito bom;
9. ...

Pessoas especiais:
1. Alunos que jamais vou esquecer, não vou nem citar nomes pra não correr o risco de faltar algum;
2. Pessoas que estão longe, mas perto do meu coração. Amigos virtuais que são mais que reais;
3. Amigos reais que estão longe, mas que sempre serão lembrados...


==> Ter minha família mais unida!

Ganhos pessoais:
1. Aprendendo a me conter;
2. Sendo menos ciumenta e neurótica.

É o que eu lembro até agora.


=**

domingo, 28 de dezembro de 2008

Um ponto fora da curva

Mais um ano que acaba.
Mais um blog que eu começo.
Mais uma pessoa que acha ser um ponto fora da curva.
Mais uma ilusão.
Mais uma lista de promessas para o novo ano.
Mais uma vez não cumprirei nem a metade.
Mais uma vez escrevendo besteiras que ninguém vai ler.
Mais uma vez reclamando das mesmas coisas.
Mais uma vez sozinha.
Mais uma vez entediada.
Mais uma vez...

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Adeus ano velho! Adeus?

Seria bom dar ADEUS a certas coisas de 2008.
Mas nós temos uma mente que adora gravar as coisas ruins que nos acontecem, sempre somos obrigados a lembrar das coisas chatas. Se foi um amor que te machucou, até mesmo um cheiro te faz voltar a pensar naquela pessoa. Se foi um amigo que decepcionou, você vai achar uma foto, um e-mail, uma música, sei lá, sempre vai ter algo pra te fazer lembrar como foi bom ter a amizade daquela pessoa e como ela te entristeceu.
Dar Adeus seria se desligar das coisas ruins e das coisas boas. Será que valeria a pena? Todos os dias maus que passamos de alguma forma contribuem com nossa formação como pessoa. Aprendemos com os erros, ignoramos os erros, quebramos a cara de novo, às vezes insistimos no erro. No fundo gostamos disso. Estar mal significa que um dia estaremos bem, um dia nos (re)ergueremos. E esse momento de recomeço é muito saudável, nos enchemos de esperança, passamos a olhar a vida com mais amor e cuidado.

31 de dezembro marcar SEMPRE um recomeço.

Pode ser a maior babaquice do mundo, mas paramos para pensar nessas datas, analisamos nossas vida e damos aquela injeção de ânimo.
Aquela falsa esperança de que com um ano novinho em folha nossa vida vai mudar. É falsa, tá certo. Mas motiva. É como um placebo. Pode ter farinha ali dentro, o que importa é a sensação, é o que causa no nosso interior, é a forma com que mexe no nosso psicológico.

Por isso, eu te desejo um Feliz Ano Novo.

Que você:

Ame mais.
Abrace mais.
Beije mais.
Ria mais.
Grite de alegria.
Chore de emoção.
Cante mais.
Dance mais.
Acredite mais (em Deus, em você e nas pessoas).
Confie mais.
Leia mais.
Escreva mais.
Faça mais amigos.
Tolere mais.
Ajude mais.

Enfim, que você VIVA mais.

Um BeijO*

Duas mensagens do nosso eterno Carlos Drummond de Andrade:

"O último dia do ano
não é o último dia do tempo
O último dia do tempo
não é o último dia de tudo
Recebe com simplicidade esse presente do acaso
Mereceste viver mais um ano"
(C.D.A.)

*

"Para ganhar um ano novo
que mereça esse nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre
"
(C.D.A.)
--

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Balanço Geral

Reclamo sempre das mesmas coisas.
Peguei uma agenda velha de 2004/2005 e fiquei chocada em ver como sou chata, meu Deus! Desde aquela época eu choro pelas mesmas porcarias.
Talvez seja preciso olhar com mais carinho para as pequenas coisas que aconteceram, talvez eu não esteja vendo a imensidão de coisas boas que têm acontecido comigo. Que ingrata!

Pensando assim, vou tentar fazer um balanço das coisas "boas" que me aconteceram em 2008.

Viagens, Eventos & Festas
1. Eu conheci Campinas /SP numa viagem engraçada demais com minhas amigas da faculdade;
2. Fui novamente para Vassouras com as meninas, apresentei um trabalho, nervosa, mas deu tudo certo;
3. Petrópolis com meus alunos na Jornada foi T-U-D-O! Inesquecível... Adorei cada momento com meus meninos e adorei conhecer novas pessoas;
4. Jornada na FFP, São Gonçalo, também foi muito legal;
5. Minicurso na UFF foi pateticamente engraçado... haha. Nunca mais quero passar por isso com o Abreu;
6. Enfim conseguimos fazer uma festa! Arraiá do Humm Nhanhanhanha... foi maravilhoso! Todos caracterizados de caipira... hehe;
7. Noivado da Ariane foi fofo;
8. Casamento da Clarinha foi muito bom;
9. ...

Pessoas especiais:
1. Alunos que jamais vou esquecer, não vou nem citar nomes pra não correr o risco de faltar algum;
2. Pessoas que estão longe, mas perto do meu coração. Amigos virtuais que são mais que reais;
3. Amigos reais que estão longe, mas que sempre serão lembrados...


==> Ter minha família mais unida!

Ganhos pessoais:
1. Aprendendo a me conter;
2. Sendo menos ciumenta e neurótica.

É o que eu lembro até agora.


=**

domingo, 28 de dezembro de 2008

Um ponto fora da curva

Mais um ano que acaba.
Mais um blog que eu começo.
Mais uma pessoa que acha ser um ponto fora da curva.
Mais uma ilusão.
Mais uma lista de promessas para o novo ano.
Mais uma vez não cumprirei nem a metade.
Mais uma vez escrevendo besteiras que ninguém vai ler.
Mais uma vez reclamando das mesmas coisas.
Mais uma vez sozinha.
Mais uma vez entediada.
Mais uma vez...