About

Blogger news

Estou Lendo!

Visitantes!

Receba novidades no e-mail!

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Snag a button


Parceiros

">Selo By Bruna Kitty

Meu Cantinho de leitura

Followers

About me

Minha foto
Professora de Matemática do Estado do RJ e do Município do Rio de Janeiro; tutora presencial do CEDERJ; pós-graduanda em Planejamento, Gestão e Implementação da EaD pela UFF.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Filme: O Amor Acontece

"Burke Ryan (Aaron Eckhart) é um escritor viúvo, autor de um livro sobre como lidar com as perdas. Seu trabalho logo se torna um best seller, o que o torna uma espécie de guru da auto-ajuda. Em uma viagem a negócios para Seattle, ele conhece Eloise Chandler (Jennifer Aniston) e por ela se apaixona. Só que, ao assistir o seminário de Burke, ela percebe que na verdade ele ainda não conseguiu superar a morte da esposa."
Fonte: Adoro Cinema

O Amor Acontece está longe de ser um romance tradicional, sendo bem sincera eu fiquei um pouco deprimida depois de assistir. Não sei se foi a minha hipersensibilidade nesse fim de semana que passou, mas a história daquele homem que não tinha superado a morte da sua mulher mexeu comigo.
Além de falar sobre morte que sempre é um assunto muito delicado, o filme mostra como é difícil recomeçar a vida amorosa depois do fim de um grande amor. E no caso do Burke foi ainda pior, não foi apenas um relacionamento fracassado, foi um romance interrompido. A tentativa de superar ajudando outras pessoas é nobre, mas ele fugiu dos próprios problemas, pensou que se não estivesse em contato com coisas que lembrassem à esposa poderia esquecer.
Pobre homem...
Ele poderia estar em outro planeta, mas as maiores lembranças nós carregamos dentro de nós e disso não podemos fugir. A morte de uma pessoa querida é um tiro na alma, uma dor que não cabe em palavras. A sensação de vazio é inevitável.
Por mais que Burke achasse que tinha superado e tentasse viver, ele não se permitia viver e conhecer um novo amor.
Mas quando se espera... O amor acontece!
É engraçado ver aquele homem sem prática tentando manter uma conversa no primeiro encontro e é lindo vê-lo perceber que pode ser feliz com outra pessoa. Ah, tenho que comentar, a forma como ele abordar a Eloise é encantadora. Adoro pessoas originais! Ponto pra ele!
De uma maneira geral posso dizer que é um bom filme, apesar de não empolgar muito os detalhes fazem a história ficar interessante. Mas não assista como grandes expectativas, o grande charme é a simplicidade desse novo amor e a forma como mostra a capacidade de superação que todos temos dentro de nós.

Aos que se aventurarem: bom filme!
Um beijo e um queijo ;)

Ah! E devo dizer que o cabelo da Jennifer Aniston continua maravilhoso! E minha mãe disse que parece com o meu, haha, coisas de mãe. :P

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê o seu Palpite ;-)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Filme: O Amor Acontece

"Burke Ryan (Aaron Eckhart) é um escritor viúvo, autor de um livro sobre como lidar com as perdas. Seu trabalho logo se torna um best seller, o que o torna uma espécie de guru da auto-ajuda. Em uma viagem a negócios para Seattle, ele conhece Eloise Chandler (Jennifer Aniston) e por ela se apaixona. Só que, ao assistir o seminário de Burke, ela percebe que na verdade ele ainda não conseguiu superar a morte da esposa."
Fonte: Adoro Cinema

O Amor Acontece está longe de ser um romance tradicional, sendo bem sincera eu fiquei um pouco deprimida depois de assistir. Não sei se foi a minha hipersensibilidade nesse fim de semana que passou, mas a história daquele homem que não tinha superado a morte da sua mulher mexeu comigo.
Além de falar sobre morte que sempre é um assunto muito delicado, o filme mostra como é difícil recomeçar a vida amorosa depois do fim de um grande amor. E no caso do Burke foi ainda pior, não foi apenas um relacionamento fracassado, foi um romance interrompido. A tentativa de superar ajudando outras pessoas é nobre, mas ele fugiu dos próprios problemas, pensou que se não estivesse em contato com coisas que lembrassem à esposa poderia esquecer.
Pobre homem...
Ele poderia estar em outro planeta, mas as maiores lembranças nós carregamos dentro de nós e disso não podemos fugir. A morte de uma pessoa querida é um tiro na alma, uma dor que não cabe em palavras. A sensação de vazio é inevitável.
Por mais que Burke achasse que tinha superado e tentasse viver, ele não se permitia viver e conhecer um novo amor.
Mas quando se espera... O amor acontece!
É engraçado ver aquele homem sem prática tentando manter uma conversa no primeiro encontro e é lindo vê-lo perceber que pode ser feliz com outra pessoa. Ah, tenho que comentar, a forma como ele abordar a Eloise é encantadora. Adoro pessoas originais! Ponto pra ele!
De uma maneira geral posso dizer que é um bom filme, apesar de não empolgar muito os detalhes fazem a história ficar interessante. Mas não assista como grandes expectativas, o grande charme é a simplicidade desse novo amor e a forma como mostra a capacidade de superação que todos temos dentro de nós.

Aos que se aventurarem: bom filme!
Um beijo e um queijo ;)

Ah! E devo dizer que o cabelo da Jennifer Aniston continua maravilhoso! E minha mãe disse que parece com o meu, haha, coisas de mãe. :P

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê o seu Palpite ;-)